OS EVANGELHOS APÓCRIFOS GRÁTIS

Apresentação do tema:

Os Evangelhos Apócrifos mostram uma versão diferente das enunciadas pela Igreja Católica na questão sobre Jesus Cristo em sua vida é nos seus ensinamentos.

E ao ler os Evangelhos Apócrifos percebi que são grandes patrimônios históricos da humanidade e que foram frutos das primeiras comunidades Cristãs e possuem influências gregas, egípcias, judaicas.

E que em alguns Evangelhos Apócrifos que citam Jesus de Nazaré e a sua doutrina são fantasiosos e outros Evangelhos Apócrifos até ultrapassam os  Evangelhos Oficiais e que vem somar aos ensinamentos de Jesus Cristo e completando grandes lacunas que existem atualmente.

Os Evangelhos Apócrifos eram aceitos por diversas comunidades católicas de todo o Império Romano e a definição dos evangelhos que seriam verdadeiros e os tidos apócrifos começaram com o Imperador Constantino (272-337) e terminaram com o Decreto Gelasiano (492-496).  

O Fundamentalismo religioso da Igreja Católica através da Santa Inquisição varreu e queimou grande parte destes evangelhos tidos como apócrifos e perseguiu implacavelmente no decorrer dos séculos os ensinamentos que eram contra a Cúria Romana.

Acredito que as palavras do Nazareno foram sufocadas pelo imediatismo ou pela política dos poderosos de todas épocas, aonde a bíblia e os seus escritos tinham que se amoldar a Teologia dominante da Igreja Católica, mais os ecos da verdade que são representados pelo Sermão da Montanha, representam a essência das palavras de Jesus Cristo de Nazaré.

Irmãos W.

O site para facilitar o tema dos Evangelhos Apócrifos disponibilizou todos os artigos postados em um único arquivo para abaixarem e facilitar ao estudo deste tema. E pedimos que se alguém tiver algum artigo que não consta nesta lista nos enviem. fabioastoni@msn.com

Arquivo com Evangelhos Apócrifos.Zip

A História dos Evangelhos Apócrifos:

Pequena localidade no Alto Egito em Nag Hammadi, aonde em 1945, o camponês Muhamad Ali Salmman, encontrou um grande pote vermelho de cerâmica, contendo treze livros de papiro encadernados em couro. No total descobriram cinqüenta e dois textos naquele sítio.

Caverna de Nag Hammadi

Na primeira análise, para surpresa do Dr. Quispel, a primeira linha traduzida do copta foi: "Essas são as palavras secretas que Jesus, O Vivo, proferiu, e que seu gêmeo, Judas Tomé, anotou".

Os manuscritos, hoje conhecidos como Evangelhos Gnósticos, ou Apócrifos (Apocryphom literalmente livro secreto), revelam ensinamentos, apresentados segundo perspectivas bastante diversas daquelas dos Evangelhos Oficiais da Igreja Romana; como por exemplo este trecho atribuído a Jesus, O Vivo: "Se manifestarem aquilo que têm em si, isso que manifestarem os salvará. Se não manifestarem o que têm em si, isso que não manifestarem os destruirá."

Além dos Evangelhos (ensinamentos atribuídos a Jesus Cristo através de seus apóstolos) outros textos compõe o legado de Nag Hammadi, de cunho teológico e filosófico.

Os papiros encontrados em Nag Hammadi, tinham cerca de 1.500 anos, e eram traduções em copta de manuscritos ainda mais antigos feitos em grego e na língua do Novo Testamento, como constatou-se, ao verificar que parte destes manuscritos tinham sido encontrados em outros locais, como por exemplo alguns fragmentos do chamado Evangelho de Tomé. As datas dos textos originais estão estimadas entre os anos 50 e 180, pois em 180, Irineu o bispo ortodoxo de Lyon, declarou que os hereges "dizem possuir mais evangelhos do que os que realmente existem".

Manuscritos de Nag Hammadi

Acredita-se que os manuscritos foram enterrados por volta do século IV, quando na época da conversão do imperador Constantino, os bispos cristãos, passaram ao poder e desencadearam uma campanha contra as heresias. Então, algum monge do mosteiro de São Pacômio, nas cercanias de Nag Hammadi, tomou os livros proibidos e os escondeu no pote de barro, onde permaneceram enterrados por 1.600 anos!

Fontes: Biblioteca de Early Christian Writings (Coleções de Apócrifos)

Fontes: Portal Mucheroni (Portal Brasileiro de Apócrifos)

Fontes: Filosofia e Tecnologia (A História da Bíblia - Evangelhos Apócrifos e Adulterações)

 

 Textos Introdutórios dos Evangelhos Apócrifos

 

Concílio de Nicéia - A Condenação dos Evangelhos Apócrifos

Decreto Gelasiano - Condenação Final dos Apócrifos

Relação dos Evangelhos Apócrifos

 

 

Evangelhos Apócrifos para Download

 

TEXTOS JUDAICOS E PSEUDO-EPÍGRAFOS

 

Primeiro Livro de Adão e Eva (O Conflito de Adão e Eva com Satanás)

O Segundo Livro de Adão e Eva

O Livro de Melquisedeque

O Livro de Melquisedeque - Pseudo Epígrafo da Gênesis

O Livro de Enoque

Livro dos Segredos de Enoque   

Livro da Ascenção de Isaías

Conto dos Patriarcas

O Martírio de Isaías

Melchizedek

Narração do Dilúvio da Epopéia de Gilgamesh (Relato Babilônico)

O Testamento de Abraão    

A Assunção de Moisés

Caverna dos Tesouros

Livro de Enoque (I Enoque)

Testamento dos Doze Patriarcas   

Testamento de Rubén - Da Intenção

O Testamento de Simeão - Da Inveja

Testamento de Levi - Do sacerdócio e da presunção

Testamento mais antigo de Levi - Fragmento aramaico

Testamento de Judá - Da valentia, da cobiça material e da luxúria

Testamento de Issachar - Da simplicidade

Testamento de Zebulon - Da compaixão e misericórdia

Testamento de Dan - Da raiva e da mentira

Testamento de Nephtali - Da bondade

Testamento de Nephtali - Segundo a crônica hebraica de Jerchmeel

Testamento de Gad - Do ódio

Testamento de Aser - Do duplo aspecto da maldade e da virtude

Testamento de José - Da castidade

Testamento de Benjamim - Da reta intenção

Salmo 151

Salmos de Salomão

Oração de Manassés

Orações Mágicas dos Essênios

O Hino da Pérola

Sobre a Origem do Mundo

O Livro dos Jubileus

 

LIVRO DA INFÂNCIA DO SALVADOR

 

A História de José, o Carpinteiro

Evangelho Árabe da Infância

Excertos do Evangelho Armênio da Infância

José e Asenath

Evangelho Pseudo-Mateus da Infância (O Livro Sobre a Origem da Abençoada Maria e a Infância do Salvador - Apócrifo Cristão)

Evangelho Pseudo-Tomé (Narrações sobre a Infância do Senhor, por Tomé, Filósofo Israelita)

 

EVANGELHOS

 

Proto-Evangelho de Tiago (Natividade de Maria)

Evangelho de Nicodemos

Atos de Pilatos

Descida de Cristo ao Inferno (Versão Grega)

Descida de Cristo ao Inferno (Versão Latina)

Evangelho - Atos do Apóstolo Tomé

Evangelho de Bartolomeu (Tradução da Versão Latina)

Evangelho de Judas

Evangelho de Pedro

A Infância de Cristo segundo Pedro

A Crucificação de Cristo segundo Pedro

Evangelho O Pastor de Hermas (Trechos)

Evangelho Pistis Sophia

Evangelho de Tomé, O Contendador

Excertos do Evangelho de Maria

Agrapha Extra-Evangelho

Evangelho Gnóstico de João

Evangelho Apócrifo de João (versão longa)

Evangelho Segundo Felipe

O Evangelho da Verdade

O Evangelho de Maria Madalena

O Evangelho de Tiago

O Evangelho de Valentino

 

EPÍSTOLAS

 

Ciclo de Pilatos - Retrato de Jesus 

A História dos Evangelhos - A Palestina nos Tempos de Jesus

Carta de Lentulus Publius, de Jerusalém, ao Imperador Tibério César      

Retrato do Salvador (Nicephorus Calixtus)  

Carta de Pôncio Pilatos Dirigida ao Imperador Romano Sobre Nosso Senhor Jesus Cristo

Carta de Tibério a Pilatos

Relatório do Governador Pilatos Sobre Nosso Senhor Jesus Cristo, Enviado a César Augusto em Roma

Correspondência entre Pôncio Pilatos e Herodes

Carta de Pilatos a Herodes  

Carta de Herodes a Pilatos  

Julgamento e Condenação de Pilatos     

Morte de Pilatos, o que Condenou Jesus

Sentença Dada por Pôncio Pilatos Contra Nosso Senhor Jesus Cristo

A Vingança do Salvador

Declarações de José de Arimatéia, Aquele que reclamou o Corpo do Senhor, e que contem a Causa dos dois Ladrões

Cartas do Senhor - Correspondências entre o Rei Abgaro e Jesus Cristo

Cópia da Carta que o Rei Abgaro escreveu a Jesus e que lhe enviou a Jerusalém por Intermédio do Mensageiro Hannan   

Resposta que Enviou Jesus ao Rei Abgaro pelo Mensageiro Hannan

Resposta de Jesus - (Segundo Versão de Louis de Dieu)

Ditames que acompanharam a resposta de Jesus (Segundo o Manuscrito Árabe da Biblioteca de Leyden)

  Carta de Pedro a Felipe

Discurso Sobre o Domingo (Dia Santo do Senhor Entre Todos os Outros, em que Jesus Cristo, Nosso Deus e Senhor, Ressuscitou Dentre os Mortos, Abençoe, Senhor)

Atos de Paulo e Tecla

Sophia de Jesus Cristo

Apócrifos da Assunção - Livro de São João Evangelista (o Teólogo), Tratado de São João, o Teólogo, Sobre a Passagem da Santa Mãe de Deus

Passagem da Bem-Aventurada Virgem Maria (Narração Erroneamente Atribuída a José de Arimatéia)

Didaché - O Ensino dos Doze Apóstolos (Fim do primeiro século)

Primeira Carta de São Clemente aos Coríntios

Segunda Carta de Clemente aos Coríntios

Epístola aos Laodicenses

Epístola de Barnabé

Epístola de Diogneto

Epístola de Policarpo aos Filipenses

Apologia

 

APOCALIPSES

 

Apocalipse de Baruch

Apocalipse de Adão

Apocalipse de Abraão

Apocalipse de Moisés

Apocalipse de Elias (seqüência do Apocalipse de Sofonias, Cap. 18,6)

Apocalipse de Paulo

Apocalipse de Pedro

O Primeiro - Apocalipse de Tiago

O Segundo - Apocalipse de Tiago

Apocalipse de Tóme

Apocalipse das Semanas (Enoch)