GABRIEL DELANNE

PESQUISAS SOBRE MEDIUNIDADE

 

Estudo dos trabalhos dos sábios, A escrita automática dos histéricos, A escrita mecânica dos médiuns, Provas absolutas de nossas comunicações com o mundo dos espíritos
 

Tradução Original do Francês

Gabriel Delanne - Recherche sur la Médiumnité

Bibliotèque The Philosophie Spiritualiste Moderne et Des Sciences Psychiques

Éditions De B. P. S, Paris, 1898

 

Centre Spirite Lyonnais Allan Kardec

http://spirite.free.fr

Apresentação do site:

O Site vem agradecer ao grupo de tradutores espíritas da França (Angelique, Antoinete, Marie, Aury) do Centre Spirite Lyonnais Allan Kardec a tradução livre da obra em foco que são Patrimônios da Humanidade. Que a luz de Deus possa cada vez mais iluminar a estas pessoas maravilhosas.

Irmãos W.

01 - Trechos da obra:

O pobre Espiritismo, tão vilipendiado pelos ignorantes, pelos sábios, pelos pastores de todas as religiões, espalhou-se no mundo inteiro, sem dar importância aos seus inimigos coligados, porque possui a soberana força da verdade, que contorna, quebra ou derruba todos os obstáculos acumulados no seu caminho pela ignorância e pelo dogmatismo.

Hoje mesmo, nossa doutrina se infiltra lenta e seguramente até nos santuários oficiais do saber, para erguer-se, bem viva, perante os pontífices que pronunciavam sua oração fúnebre. A ciência materialista está sendo levada de modo irresistível ao estudo da ação extracorpórea do ser humano, que lhe destrói as idéias preconcebidas. É constrangida e forçada que entra nesse caminho novo que abre tão vastos horizontes ao pensamento. Agora é tarde demais para recuar; muitas elevadas e sérias inteligências ocuparam-se com essas questões, para que se possa continuar a conspiração do silêncio.

Sob nossos olhos, a alma humana se desprende das fraldas da fisiologia nas quais queriam aprisioná-la; pelo estudo do que ela já produz aqui na Terra durante os raros momentos em que se emancipa do jogo do seu envoltório terrestre, podemos imaginar quais são seus poderes quando paira, distante e serena, nas regiões da erraticidade, que é sua verdadeira pátria.

02 - Trechos da obra:

Que houve e ainda existem entre os espíritas entusiastas pesquisadores sem senso científico, pessoas refratárias aos métodos positivos e friamente meticulosos da ciência, é fato comprovado; mas isso se vê em todas as crenças, em todas as profissões, em todos os aglomerados humanos, seja qual for o objeto das pesquisas empreendidas. Será isso razão suficiente para rejeitar sistematicamente todo testemunho espírita? Por certos médicos matarem seus pacientes, não significa que todos os médicos sejam ignorantes e que se deva rechaçar a medicina.

Essas constatações são quase triviais, mas são indispensáveis, já que, no ardor da polêmica, muitas pessoas se esquecem dessas verdades elementares.

A despeito de todas as oposições dos retardatários, o fato espírita tem tamanha evidência, possui uma força de convicção tão grande, que avança para conquistar o mundo. Vinte vezes nossos adversários anunciaram com estardalhaço que ele estava morto, e, apesar desses sepultamentos, ele prossegue sua marcha triunfal, revelando a todos os homens sinceros um mundo novo. As hipóteses materialistas passaram de moda. Em vão seus partidários quiseram fazer crer que elas eram a última novidade da especulação científica; as modernas descobertas os desmentem estrepitosamente.

A alma humana se manifesta esplendorosamente nos fenômenos de clarividência, de transmissão de pensamento e de telepatia que mostram que o homem contém uma inteligência que foge em parte às leis do espaço e do tempo que regem a matéria inerte. A fisiologia, a psicologia, a física interessam-se pelos problemas que as novas faculdades do ser humano e as comunicações psíquicas entre vivos levantam. Diante da sugestão mental a grande distância, torna-se necessário ampliar os quadros das nossas ciências para que essas manifestações do ser humano neles encontrem seu espaço.

Sob o irresistível impulso dessas idéias novas que a imprensa espírita vem semeando há cinqüenta anos no mundo todo, vemos fender-se ò bloco tenaz dos preconceitos e dos erros; por toda parte surgem novas organizações; espíritos evadidos da rotina universitária ou da apatia teológica reúnem-se para estudar o mundo do além, que nos abre perspectivas infinitas. Saudamos com alegria essa aurora, porque se levanta sobre uma terra virgem que encerra tesouros incontáveis.

Muitas são as grandes inteligências que já se comunicaram com o invisível para que se possa agora abafar-lhes a voz, e logo a certeza da imortalidade brilhará como um grandioso farol para iluminar a marcha evolutiva da humanidade.

Ver no site a obra publicada por Allan Kardec "O Livro dos Médiuns"

Fontes: Centre Spirite Lyonnais Allan Kardec
 

"O Espiritismo é uma ciência cujo fim é a demonstração experimental da existência da alma e sua imortalidade, por meio de comunicações com aqueles aos quais impropriamente se têm chamado mortos"

Gabriel Delanne "O Espiritismo Perante a Ciência"

 

RELAÇÃO DE OBRAS PARA DOWNLOAD

 

01 - Artigos Espíritas - Automatismo da escrita psicográfica

 

02 - Artigos Espíritas - Os diferentes tipos de escrita psicográfica

 

03 - Artigos Espíritas - Verdadeiros e falsos médiuns

 

Gabriel Delanne - Recherche sur la mediumnite (Fr)

 

Gabriel Delanne - Pesquisas sobre Mediunidade DOC

 

Gabriel Delanne - Pesquisas sobre Mediunidade PDF