FEDERAÇÃO ESPÍRITA DO PARANÁ - 100 ANOS

SEMEANDO A BOA NOVA POR UM MUNDO MELHOR

(A GRANDE DIVULGADORA DO ESPIRITISMO NO BRASIL)

    (1902 - 2013)

 

Agradecimentos do site:

A Federação Espírita do Paraná é uma grande difusora da Doutrina Espírita no Brasil através de vastos trabalhos pela causa do próximo que não podem ser medidos, sendo assim estamos trazendo um histórico de suas atividades para compreendermos o desenvolvimento do Espiritismo no Brasil.

Irmãos W.

Apresentação:

24 DE AGOSTO DE 1902

Nesse dia foi fundada a Federação Espírita do Paraná, sendo a ata de fundação assinada por Vicente Nascimento Júnior, Augusto Correia Pinto, Benedicto Vianna, João Urbano de Assis Rocha, Sebastião Paraná, João Álvaro Aguiar, Domingos Duarte Velloso, Grupo Espírita Allan Kardec e Grupo Espírita Luz nas Trevas, ambos da cidade de Antonina.

Também participaram da organização inicial: Teodorico Lassala Freire, Antonio Guiss, Manoel Pacheco de Carvalho, Felix Fernandes Alves e Alfredo Alves da Silva. O primeiro presidente foi João Urbano de Assis Rocha.

Na seqüência, foram presidentes Sebastião Paraná (1903-1906), Vicente do Nascimento Júnior (1907 e 1912-1913), João Pedro Schleder (1908), José Lopes Neto (1909-1911 e 1914), José Nogueira dos Santos (1915 e 1930-1931) Arthur Lins de Vasconcellos Lopes (1916, 1923-1926 e 1929), Flávio Ferreira da Luz (1917-1919, 1921 e 1927), Olimpio Alves Lisboa (1920 e 1922), Marcolino José Monteiro (1928), João Ghignone (1932-1977), Abibe Isfer (1978-1980), Honório Mello (1981-1983), Napoleão de Araujo (1984-1985, 1989-1992, 1997-1998), João de Matos Lima (1986), Walter do Amaral (1987-1988), Maurício Roberto Silva (1993-1996, 1999-2003), Maria Helena Marcon (a partir de 1º.1.2004).

Em 1915 foi inaugurada a primeira sede própria da Federação na rua Saldanha Marinho 586. Em 4/10/1908 foi realizado o 1º Congresso Espírita Paranaense e em 1915, o 2º Congresso em Ponta Grossa.

O Hospital Espírita de Psiquiatria Bom Retiro foi inaugurado em 28/03/1945. Em outubro de 1949 Lins de Vasconcellos, que na oportunidade era proprietário do Jornal Mundo Espírita, propôs a transferência do mesmo para a Federação Espírita do Paraná, que o vem editando desde então.

O Albergue Noturno que funcionou inicialmente na rua Saldanha Marinho, depois na Alameda Cabral, desde 1978 foi transferido para o Jardim Botânico perto da BR116. Em 30.06.2003 as atividades do Albergue foram encerradas. Suas dependências abrigam, hoje, uma parte da Escola Profissional Maria Ruth Junqueira, com os cursos de Azulejista, Eletricista industrial, Eletricista instalador, Instalador hidráulico, Jardinagem, Pedreiro, Pintor de Obras e Pintura Decorativa.

A Escola Profissional Maria Ruth Junqueira, e três creches, duas em Curitiba e uma em Campo Largo, constituem também outras obras da Federação, desempenhando importante papel na sociedade.

Em 1965 foram criadas as Uniões Regionais Espíritas, e hoje estão funcionando dezessete, com sede nas cidades de Paranaguá, Ponta Grossa, Rio Negro, Jacarezinho, Londrina, Apucarana, Maringá, Paranavaí, Campo Mourão, Umuarama, Cascavel, Guarapuava, Pato Branco e Foz do Iguaçu e três na região metropolitana de Curitiba.

Na gestão de Honório Mello entre 1981 e 1983, foi construída a nova sede da Federação na Alameda Cabral, 300.

Nos últimos anos foram realizados alternadamente seis Simpósios Paranaenses de Espiritismo (1992, 1995, 1997, 1999, 2001 e 2003); seis Conferências Estaduais Espíritas (1994, 1996, 1998, 2000 , 2002 e 2004), oito Encontros Confraternativos de Juventudes Espíritas (1990, 1992, 1994, 1996, 1998, 2000, 2002 e 2004); cinco Encontros de Coordenadores de Juventudes Espíritas (1995, 1997, 1999, 2001, 2003) e seis Encontros Estaduais Espíritas do Interior (1998, 1999, 2000, 2001, 2002 e 2003).

Graças ao trabalho de todos os que passaram pela Federação, ao longo desses 100 anos, hoje ela tem grande conceito na sociedade paranaense. Objetivo principal da Federação Espírita do Paraná: promover a divulgação do Espiritismo no Paraná, apoiando as atividades das Sociedades Espíritas através das Uniões Regionais Espíritas.

Fontes: Federação Espírita do Paraná

Fontes: Federação Espírita do Paraná (FEP)

Fontes: Instituto de Pesquisas Espíritas Allan Kardec 

Ao se referir às Sociedades Espíritas, Allan Kardec teve a oportunidade de enfatizar:

"A bandeira que defraudamos bem alto e do Espiritismo cristão e humanitário, em torno da qual já temos a ventura de ver, em todas as partes do globo, congregados tanto homens, por compreenderem que aí é que está a âncora da salvação, a salvaguarda da ordem pública, o sinal de uma era nova para a humanidade"

Allan Kardec "O Livro dos Médiuns - 2 parte, Cap. XXIX. Item 350"

 

RELAÇÃO DE OBRAS PARA DOWNLOAD

 

Federação Espírita do Paraná - 100 Anos (Semeando a boa nova por um mundo melhor)