Georges Sexton

O METICULOSO PESQUISADOR DA FENOMENOLOGIA ESPÍRITA

OS TRABALHADORES DA PRIMEIRA HORA

FUNDADORES DA Associação Nacional Britânica dos

 Espíritas EM 1873

(COMBATEU O ESPIRITISMO DURANTE 15 ANOS)

 

Georges Sexton

The Spiritual Magazine

LONDON (1875)

Apresentação do autor:

Dr. Sexton foi um médico e advogado inglês, membro da Sociedade Geográfica e da Sociedade Zoológica de Londres.

Entre os cépticos mais tenazes da Inglaterra, achava-se o Dr. Georges Sexton, célebre conferencista que fizera várias conferências contra o Espiritismo, depois de muito haver combatido a nova doutrina, resolveu-se a estudá-la a fundo. Fez-se espírita depois de estudar durante 15 anos de meticulosas pesquisas no contacto com o mundo espiritual.

Escreveu a obra “Spirit-Medium and Conjurers”, em que diz: — “As provas são tão patentes que é impossível a negação. São três os estados d’alma: negação, dúvida e convicção. Meu espírito passou por esses três estados”. Levando a convicção da imortalidade da alma. (Ver a obra logo abaixo)

O Doutor George Sexton participou ativamente da fundação Associação Nacional Britânica dos Espíritas em 1873 e deu grande impulso ao movimento espírita, porque muitos homens públicos bem conhecidos e senhoras da alta sociedade a ela se associaram.

Entre estas devem ser mencionadas a Mrs. Emma Hardinge Britten, Mrs. Cora L. V. Tasan e Mr. J. J. Morse fizeram orações eloqüentes, sob a ação de Espíritos, influenciando largamente enormes auditórios. Mr. Gerald Massey, o conhecido poeta e escritor, a Condessa de Caithness, Mrs. Mc Dougall Gregory (viúva do Professor Gregory, de Edimburgo), o Doutor Stanhope Speer, o Doutor Gully, Sir Charles Isham, o Doutor Maurice Davies, Mr. H. D. Jencken, Mrs. Ross Church (Florence Marryat), Mr. Newton Crosland e Mr. Benjamin Coleman.

A mediunidade de uma alta qualidade, no setor dos fenômenos físicos, foi fornecida por Mrs. Jencken (Kate Fox) e Miss Florence Cook. O Doutor J. R. Newton, famoso médium curador da América, chegou em 1870, e numerosas curas gratuitas foram registradas. Desde 1870 Mrs. Everitt exercitou uma mediunidade maravilhosa, como a de D. D. Home, gratuitamente, convencendo a muita gente. Herne e Williams, Mrs. Grusy, Eglington, Slade, Lottie Fowler e outros fizeram muitas conversões através de sua mediunidade. Em 1872 as fotografias do Espírito de Hudson despertaram enorme interesse e em 1875 o Doutor Alfred Russel Wallace publicou o seu famoso livro “On Miracles and Modern Spiritualism”.

Toda uma plêiade da fina intelectualidade inglesa levaram adiante a chama do Espiritismo que se espalhava por toda a Europa e que contaminavam os corações e as mentes do Consolador prometido por Jesus Cristo.

Fontes: Arthur Conan Doyle - História do Espiritismo

Ver os espíritas da Inglaterra apresentado por Allan Kardec

Ver a médium Florence Cook (Espírito de Katie King)

Ver o médium D. D. Home

Fontes: A Luz na Mente - Revista on line de Artigos Espíritas

Fontes: Gallica - Bibliothèque Nationale de France

"Obtive, diz ele, em minha própria casa, na ausência de todos os médiuns públicos, mas no seio dos membros de minha família e dos meus amigos particulares e íntimos, nos quais o poder mediúnico tinha sido desenvolvido, a prova irrefutável, de natureza a impressionar a fria razão, de que as comunicações recebidas vinham de parentes e amigos falecidos."

 George Sexton "O Grande Pesquisador Inglês"

 

RELAÇÃO DAS OBRAS PARA DOWNLOAD

 

 Artigos Espíritas Jorge Hessen (A proposição da Ciência Espírita é descortinar a realidade do espírito imortal)

 

The Spiritual Magazine (1875) (George Sexton Cooperador da Revista Espírita Inglesa)

 

George Sexton - Spirit-Mediums and Conjurers (1873) (Eng.)

 

George Sexton - A Defence of Modern Spiritualism (1874) (Eng.)

 

Édouard Grimard - Une échappée sur l'infini: vivre, mourir, revivre (Fr.) (Obra rara que enfoca o Movimento Espírita no final do Séc. XIX publicada em 1899 pela Editora Leymarie - Paris)